top of page
sys-site-blog.png

Blog

Sim, mulheres têm pelos!


Peça gráfica composta por fotografia e texto. A fotografia é de vários aparelhos de depilação, como aparador elétrico, láminas e ceras espalhados em um espaço de madeira rosa. O texto, escrito em bordô sobre retângulos rosas, diz "Mulheres têm pelos"
Precisamos entender se realmente desejamos nos depilar ou se apenas sentimos que temos a obrigação de exercer padrões de feminilidade

A depilação feminina ainda é um assunto bem delicado nas rodas de conversa, especialmente em relação aos argumentos utilizados por quem se depila e por quem prefere manter os pelos do corpo. O fato é que: mulheres têm pelos e, sim, precisamos normalizar isso!

Para ajudar no debate e promover uma discussão saudável sobre a depilação feminina, decidimos criar este texto bem completo sobre o assunto. Aqui, você entenderá os principais motivos das mulheres se depilarem ou não, quais os benefícios de manter os pelos e, por fim, os principais tipos de remoção de pelos, para as sys que optam por se depilar.

Vamos lá?


Por que as mulheres se depilam?

Muitas mulheres afirmam se depilar simplesmente porque desejam, e tudo bem, apenas ter vontade de se depilar é um argumento muito válido, sys! Porém, precisamos entender se é realmente desejo da nossa parte ou se é porque a nossa sociedade nos ensinou que precisamos nos depilar.

  • “Se depilar é natural”. Sys, a depilação não é natural. Ela é um comportamento que vem de séculos atrás e que hoje a temos como “regra”. O que acontece é que nem sempre compreendemos as construções sociais que fazem com que a gente pense assim.

  • “Questão de escolha”. É importante entender que antes das nossas escolhas, tem toda uma pressão social em relação aos pelos femininos, e ela é enorme! Manter os pelos é visto como algo “não feminino”, que te deixa “menos mulher”. E esse tipo de julgamento dói tanto quanto as depilações agressivas que nos submetemos.

  • “Se depilar é higiênico”. Sys, nossos pelos não são anti higiênicos e nem acumulam sujeira. Eles nos protegem! Remover os fios de forma agressiva, como ocorre em alguns procedimentos depilatórios, pode causar infecções e irritações.

  • “Pelos são feios”. O conceito de belo e feio é relativo, sys. O que você acha feio, por exemplo, pode ser lindo para outra pessoa. Contudo, o que temos que levar em consideração no que diz respeito a pelos femininos é que a sociedade nos ensinou a olhar para eles como feios e sinônimo de “falta de cuidado”, o que não é verdade.


Tudo bem se depilar

Sys, se você leu tudo que está escrito acima, entende que existe uma pressão sobre remover os pelos e, mesmo assim, está ciente que quer removê-los, tudo ótimo! Aqui na Share Your Sex defendemos o empoderamento e o autoconhecimento para as mulheres, então, se essa é uma decisão consciente, está tudo bem.

O mais importante é estar feliz com o seu corpo e suas decisões, entendendo que o que você prefere pode não ser o mesmo que outra mulher. No fim, nada melhor do que nós mesmas para dizer o que funciona ou não para os nossos corpos, não é?


Por que não se depilar?

Assim como existem razões para uma mulher decidir remover seus pelos, também existem os motivos que fazem alguém decidir não se depilar, não é mesmo?

  • Respeitar a sua aparência natural. Ter pelos corporais não causa nenhum problema, é algo completamente natural. Algumas de nós nem notam a presença deles. E você pode querer respeitar sua aparência natural e enxergá-la como a sua beleza!

  • Menos dor e incômodo. Alguns métodos podem causar dor momentânea, o que é desagradável. A cera quente, por exemplo, pode causar queimaduras e machucados. Além disso, sua pele pode ficar sensível e inflamada. No caso da lâmina, pode ser indolor, mas também pode causar irritações cutâneas, vermelhidão, sensibilidade, pelos encravados.

  • Pele mais saudável. Na maioria dos métodos, precisamos nos depilar com frequência, já que com o passar de alguns dias os pelos voltam a nascer. Dessa forma, as agressões à pele por várias e várias vezes acabam tendo outras consequências, como pelos encravados, pele desidratada e flácida.

  • Menos gastos. Se depilação não faz tanto sentido para você, por que investir seu dinheiro e tempo nisso? Você pode, em vez disso, investir em atividades de valor para você. Assim, você economizaria tempo e dinheiro, afinal, os pelos sempre voltarão a crescer (a menos que seja um método definitivo).

  • Uma preocupação a menos. Nós nascemos com pelos corporais, ponto final. E removê-los a qualquer custo não precisa ser obrigatoriamente mais uma pressão sobre você. Se você se sentir à vontade, pode ser a hora de parar de se preocupar com isso.

  • Respeitar a sua própria vontade. Sys, você tem autonomia para decidir sobre seu próprio corpo! Você pode se sentir confortável com seu corpo não depilado, e tudo bem. Não se depile APENAS para seguir um padrão estético, ok? E nem pare de se depilar APENAS pela opinião alheia. Escute seu corpo e sua voz!


Métodos de depilação feminina

Fotografia de uma materiais de depilação (depilador elétrico e lâmina moderna) em uma necessaire rosa. Os objetos estão em um tecido branco.
Hoje são vários os métodos para quem não deseja seguir com os pelos. Você tem algum favorito?

Não é porque falamos sobre depilação que todas as mulheres precisam usar métodos super agressivos ou caros, não é mesmo? A escolha do método de depilação íntima é bastante pessoal. Depende da sua pele, da sua sensibilidade, do seu orçamento, da frequência de uso… Por isso, para ajudar as sys que desejam remover os pelos corporais, separamos alguns métodos de depilação e vamos falar sobre suas vantagens e desvantagens.


Se depilar com lâmina

A lâmina depilatória é “um clássico”, bastante acessível e fácil de usar. As principais vantagens são ser um método rápido, barato e simples de usar sozinha. Lembrando que ela deve ser substituída após alguns usos, pois acaba perdendo a capacidade cortante.

Contudo, na depilação com lâmina, os pelos são removidos superficialmente, então, a depilação não dura muito tempo. E, além do mais, se sua pele for sensível, você pode ter incômodo com coceira, alergia, irritação e até pelos encravados, o que é bem chato, né, sys?


Se depilar com cera quente

Você pode se depilar com cera quente em clínicas de estética ou em casa mesmo. A cera aquecida faz os poros dilatarem com o calor e, assim, os pelos saem mais facilmente. A depilação dura mais ou menos entre 20 a 30 dias, sendo mais duradoura por remover o pelo desde a raiz.

Porém, como desvantagens temos que esse método pode causar bastante dor e, além disso, se a cera estiver quente demais, você pode acabar se queimando. Por fim, os pelos precisam estar um pouco mais longos para que seja possível removê-los, o que pode ser desconfortável para algumas mulheres.


Cera fria

A cera fria é uma outra forma de utilizar a cera para se depilar, com a diferença de que o material não precisa ser aquecido. Dentre as vantagens temos a duração da depilação, que varia entre 20 a 30 dias, e o fato de que não há risco de queimaduras.

Infelizmente, por ser aplicada em temperatura ambiente, a cera fria agride mais a pele do que a cera quente. Sem relaxar o pelo e dilatar os poros, a depilação acaba sendo mais dolorida. Por isso, não se recomenda utilizar esse método em partes mais delicadas do corpo, como a virilha.


Depilador elétrico

O depilador elétrico é uma boa alternativa para as mulheres que desejam se depilar com autonomia e praticidade. É um método simples e rápido e é capaz de remover até os pelos mais curtos. Entretanto, dependendo da sua sensibilidade

à dor, remover os pelos com esse depilador pode doer bastante, justamente porque é um método muito rápido, ou seja, arranca vários pelos de uma só vez.


Creme depilatório

Se depilar com creme depilatório pode ser excelente para as sys que desejam se depilar sozinhas e dentro de casa. É só aplicar o creme na região, esperar o tempo indicado na embalagem do produto e depois remover o produto com uma esponja e água fria corrente. É uma depilação que costuma ser indolor, rápida e fácil de realizar.

Contudo, também temos desvantagens, como a sua vida útil curta, ou seja, em questão de poucos dias os pelos voltam a crescer. Além disso, é preciso seguir as instruções do creme com MUITA atenção para não causar manchas nem irritações na pele.


Linha

A depilação com linha é uma técnica egípcia que entrelaça a linha com o pelo e o remove desde a raiz. A depilação é feita por profissionais especializadas. Como vantagens, temos o uso da linha de algodão, o que reduz o risco de alergias. Além disso, a depilação com linha remove o pelo pela raiz, durando mais que a depilação com a lâmina, por exemplo.

Infelizmente, a depilação com linha costuma ser um pouco mais cara do que a depilação com cera, por exemplo. Além disso, o processo de depilação pode ser bem doloroso, dependendo da sua sensibilidade à dor.


Laser

A depilação a laser é uma técnica super moderna, sys! Ela utiliza a energia em forma de lazer, atraída pela melanina de onde se originam os pelinhos (o folículo piloso), e enfraquece essa estrutura até a destruir definitivamente. Depois de algumas sessões do laser, o fio não volta a nascer, necessitando, apenas, de manutenções periódicas.

Infelizmente, a depilação a laser é bem menos acessível financeiramente e pode causar dores, dependendo da sua sensibilidade. Depois das sessões, é necessário não tomar sol por algumas semanas.


Luz pulsada

A fotodepilação emite ondas de luz atraídas pela melanina, assim como o laser, porém, com menor intensidade e concentração. É mais indicada para pessoas com pelos escuros. A depilação com luz pulsada remove os pelos de forma quase definitiva, é menos dolorosa que a depilação com laser e a pele fica menos sensível após as sessões.

Como desvantagens, temos a que alguns pelos podem continuar crescendo eventualmente, ou seja, será preciso fazer mais sessões de manutenção. Além disso, ela pode não ser recomendada para pessoas com a pele bronzeada (natural ou artificialmente).


E então, sys, o que achou do conteúdo? Nós, da Share Your Sex, defendemos a autonomia e empoderamento das mulheres para que todas as suas escolhas sejam feitas de forma consciente. Que todas nós sejamos felizes com nossos corpos, com ou sem pelos!


 

Sobre a autora

Fotografia de Laura Pimentel. Laura é uma mulher negra de tom claro/médio. Seus cabelos são castanhos, cacheados e na altura dos seios. Na foto, ela veste um vestido vermelho de mangas curtas.

Amanda Becineri

Assistente de Conteúdo da Share Your Sex, estudante de Psicologia pela UNIP e apaixonada por ensinar e aprender coisas novas.


154 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page